Curso de Graduação em
Engenharia de Produção

Futuro Estudante e Perspectivas Profissionais

Perfil do Futuro Estudante

O perfil do futuro estudante da Engenharia de Produção contempla aspectos como iniciativa, criatividade, espírito de liderança, capacidade de adaptação às mudanças, novas funções e impactos tecnológicos, sólidos conhecimentos humanos, técnicos e gerenciais, compreensão acerca do cenário competitivo e do meio ambiente, mercado e análise econômico-financeira, dentre outros. Dessa forma, o perfil do Engenheiro de Produção subentende sólida formação tecnológica, científica e profissional geral que capacita esse profissional a não somente lidar eficazmente com novos desafios e tecnologias, mas também o estimular para a atuação crítica e criativa na identificação/solução de problemas, com base em considerações políticas, econômicas, sociais, ambientais e culturais, com visão humanística e comportamento ético para atender às demandas da sociedade.

O Engenheiro de Produção deve, também, ser pró-ativo conduzindo suas ações para o desenvolvimento pessoal e deve ser capaz de assumir posições de liderança, de tomar decisões e de interagir e provocar mudanças de forma articulada com outros profissionais e a comunidade.

A formação do Engenheiro de Produção, como proposta nesse Projeto Pedagógico, é na forma plena, seguindo uma tendência mundial e visando preparar o egresso com uma formação mais abrangente, e não com habilitação em outras áreas da Engenharia.

Competências Profissionais

O Engenheiro de Produção é um profissional vinculado ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA e ao Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CONFEA, sendo estes os conselhos responsáveis por normalizar e atribuir competências ao profissional da área.

Ao Engenheiro de Produção compete o desempenho das atividades profissionais previstas na Resolução nº 1.010/2005, do CONFEA, e, para isso, durante a sua formação deverão ser desenvolvidas as seguintes competências:

- Habilidade para dimensionar e integrar recursos físicos, humanos e financeiros a fim de produzir, com eficiência e ao menor custo, considerando a possibilidade de melhorias contínuas;

- Habilidade para utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas de produção e auxiliar na tomada de decisões;

- Competência para projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas, produtos e processos, levando em consideração os limites e as características das comunidades envolvidas;

- Capacidade de prever e analisar demandas, selecionar conhecimento científico e tecnológico, projetando produtos ou melhorando suas características e funcionalidade;

- Habilidade para incorporar conceitos e técnicas da qualidade em todo o sistema produtivo, tanto nos seus aspectos tecnológicos quanto organizacionais, aprimorando produtos e processos, e produzindo normas e procedimentos de controle e auditoria;

- Capacidade de prever a evolução dos cenários produtivos, percebendo a interação entre as organizações e os seus impactos sobre a competitividade;

- Conhecimento par acompanhar os avanços tecnológicos, organizando-os e colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade;

- Percepção para compreender a inter-relação dos sistemas de produção com o meio ambiente, tanto no que se refere a utilização de recursos escassos quanto à disposição final de resíduos e rejeitos, atentando para a exigência de sustentabilidade;

- Habilidade para utilizar indicadores de desempenho, sistemas de custeio, bem como avaliar a viabilidade econômica e financeira de projetos;

- Capacidade para gerenciar e otimizar o fluxo de informação nas empresas utilizando tecnologias adequadas.

Além destas competências, de acordo com a ABEPRO, os Engenheiros de Produção deverão adquirir as seguintes habilidades:

- Compromisso com a ética profissional;

- Iniciativa empreendedora;

- Disposição para autoaprendizado e educação continuada;

- Comunicação oral e escrita

- Leitura, interpretação e expressão por meios gráficos;

- Visão crítica de ordens de grandezas;

- Domínio de técnicas computacionais;

- Domínio de línguas estrangeiras;

- Conhecimento de legislação pertinente;

- Capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares;

- Compreensão dos problemas administrativos, socioeconômicos e do meio ambiente;

- Responsabilidade social e ambiental;

- “Pensar globalmente, agir localmente”.

Campos de Atuação do Profissional

O campo de atuação do Engenheiro de Produção é bastante abrangente, envolvendo todos os setores da economia, desde o primário (relativo às atividades de extrativismo, pecuária, agricultura), passando pelo secundário (toda a indústria de transformação) até o terciário (setor de serviços). Algumas áreas de atuação merecem destaque como: área de operações, envolvendo a distribuição dos produtos e o controle dos suprimentos; área de gestão agroindustrial, automação; área financeira, incluindo o controle financeiro, controle de custos e análise de investimentos; área de logística; área de marketing, tratando do planejamento e desenvolvimento de produtos e estudo de mercados a serem atendidos; área de planejamento, abrangendo os setores estratégico, produtivo e financeiro.

Nas empresas, o Engenheiro de Produção ainda pode contribuir com seus conhecimentos na elaboração de planos para avaliação de cargos e sistemas de incentivos e para identificar e resolver problemas de alocação de recursos, atuar em programas de higiene e segurança do trabalho, participar e colaborar na seleção e treinamento de pessoal, entre outros. No que se refere ao planejamento industrial, o Engenheiro de Produção pode realizar estudos sobre a localização geográfica da empresa, planejar o arranjo físico de instalações, desenvolver estudos de viabilidade técnico-econômica para aplicação de capital no processo industrial, conduzir programas de redução de custos, definir lotes econômicos e séries de produção, bem como prever vendas, estabelecer políticas de administração e controle de estoques e reposição de equipamentos, prestar assistência no desenvolvimento de máquinas, bem como no desenvolvendo políticas e procedimentos, acompanhar e supervisionar a operação de materiais e equipamentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SAIBA MAIS SOBRE A UFV

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress